Desafios na Universidade

I Seminário Acadêmico Indígena da UFT discute o protagonismo indígena

Por: Elvio Marques

18/04/2017 - 11:58h

Debater com a comunidade acadêmica e sociedade as questões pertinentes aos povos indígenas que vivem no Tocantins, ouvindo os próprios acadêmicos indígenas. Este é o principal objetivo da I Seminário Acadêmico Indígena: Protagonismo Indígena e Desafios na Universidade, que acontece no próximo dia 19 de abril, das 9h às 22h, na Universidade Federal do Tocantins (UFT) no campus de Porto Nacional, cerca de 70 km de Palmas.

A programação contará com mesa-redonda, apresentação de trabalhos dos acadêmicos indígenas e palestras.
O evento, que é organizado pelo Grupo de Trabalho Indígena (GTI) em parceria com o curso de Ciências Sociais da UFT do campus de Porto Nacional, irá discutir temas em torno da educação e cultura indígena. E com estas discussões, objetiva ainda romper com os estereótipos sobre os povos indígenas, por meio de conhecimentos sobre a cultura e os valores tradicionais indígenas. As inscrições serão realizadas no local e dia do evento.

Na programação, que começa às 9h, terá mesa-redonda: Protagonismo Indígena e Desafios na Universidade, no auditório do bloco III. Já no período noturno, o seminário finaliza com outra mesa-redonda formada por acadêmicos indígenas, tendo com o tema: Práticas de Pesquisa dos Acadêmicos Indígenas, também no bloco III da UFT de Porto Nacional.

Oficinas

No período vespertino terá duas oficinas, sendo elas sobre Línguas Indígenas Xerente e Karajá e Pintura corporal dos povos Xerente e Karajá, e acontecem no centro de convivência e salas de aula do bloco III. As inscrições também serão realizadas no momento da oficina. (Informações da Assessoria de imprensa)

Programação:
19 de abril – 9h às 12h – Local: Auditório do Bloco III – UFT – campus de Porto Nacional – Mesa Redonda: Protagonismo Indígena e Desafios na Universidade, com Ercivaldo Xerente (Mestre em Direitos Humanos / UFG), Odair Giraldin (Doutor em Antropologia / Unicamp) e George França (Diretor do Câmpus).

15h às 18h – Local: Sala de aula – Oficina de Línguas Indígenas Xerente e Karajá

15 às 18h – Local: Centro de Convivência – Oficina de Pintura corporal dos povos Xerente e Karajá.

18h às 22h – Local Auditório do Bloco III – UFT – campus de Porto Nacional – Mesa Redonda: Práticas de Pesquisa dos Acadêmicos Indígenas, com Rui Carlos Brurêwa (Geografia), Mairu Kuadi (Relações Internacionais), Haritxawaki Xambioá (Biologia), Rairan Wasdé (Geógrafo), Mediador: Tiago Srekmorate Xerente (Letras).

Busca rapida:

“Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Jornal Cocktail”

Imóveis

Adicione os Imóveis na página!